Ex-senador do PT defende “cadeia” para ex-juiz Sérgio Moro

Compartilhe essa notícia

No evento promovido pelo PT e MDB com o ex-presidente Lula (Movimento Juntos pelo Brasil), na tarde/noite desta terça-feira em Campina Grande, no Parque do Povo, o primeiro orador foi o ex-senador paraibano (eleito pelo Rio de Janeiro) Lindbergh Farias (PT).

Ele realçou a postura do senador Veneziano no processo eleitoral deste ano:

“Você teve a coragem de ser o primeiro candidato a governador do MDB a apoiar Lula. Esse ato é muito simbólico”.  

Farias prestou uma homenagem à ex-presidente Dilma Rousseff:

“Se existe uma mulher digna e honrada, se chama Dilma”. 

Igualmente, ele reverenciou o ex-governador Ricardo Coutinho (PT):

“Sempre teve lado”.

O ex-senador petista também mencionou que Campina “tem água hoje porque Lula tomou a decisão de fazer a transposição (do Rio São Francisco)”.

Na parte final de seu pronunciamento, Lindbergh atacou o que chamou de “canalha do ex-juiz Sérgio Moro”.

“Para se resgatar a democracia, este Moro tem que ir para a cadeia”, bradou o ex-senador, para concluir:

“Estou com Veneziano e Ricardo até o final”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *