Morte de motoboy no Retão de Manaíra completa 30 dias e suspeito continua foragido

Compartilhe essa notícia

A morte do motoboy Kelton Marques de Sousa, de 33 anos, vítima de crime de trânsito na Avenida Flávio Ribeiro Coutinho (Retão de Manaíra), completa 30 dias nesta segunda-feira (11). O principal suspeito, Ruan Ferreira de Oliveira, continua foragido. Quem tiver informações sobre o paradeiro dele pode denunciar por meio do telefone 197. A denúncia é gratuita e sigilosa.

Vídeo gravado de dentro do carro conduzido por Ruan Ferreira de Oliveira mostra que o automóvel trafegava a 163 km/h e ultrapassou o sinal vermelho no cruzamento onde aconteceu o choque com a motocicleta. A gravação foi obtida pela família da vítima junto à polícia e cedida à imprensa.

Kelton seguia em velocidade normal pela Avenida Miriam Barreto Rabêlo quando foi atingido por Ruan. Ele foi arremessado a alguns metros e teve morte instantânea.

O carro se chocou com o muro de um condomínio e ficou parcialmente danificado. Imagens registradas por câmeras de segurança da região mostram o motorista fugindo a pé, aparentemente sem ferimentos. Latas de cerveja vazias e maconha foram encontradas dentro do automóvel de Ruan Ferreira de Oliveira.

Desde a data do crime, familiares e colegas de Kelton Marques já realizaram vários protestos na Capital para cobrar justiça.

A Polícia Civil ainda tenta cumprir o mandado de prisão preventiva expedido contra Ruan Ferreira de Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *