Sindicalistas denunciam presidente da Câmara campinense ao Ministério Público

Compartilhe essa notícia

Wilton Maia (Sindicato dos Urbanitários) e Napoleão Maracajá (Sintab) anunciaram uma representação contra a presidente do Poder Legislativo de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), junto ao Ministério Público.

Eles consideram que a parlamentar acumulou indevidamente a remuneração parlamentar com o salário de servidora da PMCG, só suspendo essa irregularidade há poucas semanas.

Os sindicalistas citam a impossibilidade de a vereadora exercer as funções cumulativamente no período anterior ao seu pedido de afastamento, uma vez que desde o começo de 2016 o horário de funcionamento da PMCG (das 7h às 13h) coincide com as suas atividades da representação popular, sendo impossível a onipresença de Ivonete.