Governo retalia deputados que votaram contra Temer

Compartilhe essa notícia

O Palácio do Planalto enviou na noite desta quinta-feira para o Diário Oficial a primeira parte da lista de exonerações de afilhados de deputados que votaram contra o presidente Michel Temer.

De acordo com informações do Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o governo constatou que seis parlamentares traíram o presidente – na primeira denúncia, Temer obteve o apoio de 263 deputados, com 19 abstenções. Na segunda, de 251 com 25 ausências.

A ordem é não poupar nenhum cargo e uma nova leva de cortes deve ser publicada na próxima semana.

Deputados de partidos da base do governo que foram contra o presidente foram aos gabinetes dos ministros pedir clemência alegando que apresentaram argumentos regionais para votar.