Organizadores da V Expopão estimam faturamento de R$ 5 milhões

Compartilhe essa notícia

Foi uma solenidade rápida e marcada por discursos entusiasmados. Assim aconteceu a abertura da V Expopão, realizada no Centro de Convenções da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande, na noite dessa quarta-feira (25).

O presidente da Fiep, Francisco de Assis Benevides Gadelha, abriu a solenidade enaltecendo a importância do segmento para a economia do Estado.

Segundo ele, a estimativa é que ao final do evento, a feira alcance um faturamento de R$ 5 milhões, resultado da modernização do evento que tornou-se a maior feira de panificação da Paraíba.

Foto: Ascom

Francisco Gadelha definiu o segmento de panificação em Campina Grande como um cluster de sucesso e destacou como uma das principais características dos panificadores, a capacidade de aglutinação de forças entre as empresas.

Para ele, os panificadores tem a competência transformadora e inovadora que precisam para atender as vontades da população.

O secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Alcindor Vilarim, afirmou que a panificação tem um papel importante para o cenário de desenvolvimento de Campina Grande e anunciou a implantação da “Cidade do Pão”, um projeto da Prefeitura Municipal de Campina Grande elaborado com o apoio dos panificadores.

Foto: Ascom

O novo modelo de negócio deverá ser implantado no Complexo Aluízio Campos que já agrega o segmento de calçados. A expectativa é que a princípio sejam instaladas cerca de 50 empresas na Cidade do Pão.

O diretor técnico do Sebrae/PB, Luiz Alberto, complementou destacando o segmento de panificação como uma categoria forte que tem se apropriado do avanço da inovação e tecnologia para produzir cada vez mais.

Ele também falou da parceria do Sebrae com a indústria de panificação e da importância do SENAI na capacitação e aperfeiçoamento da mão de obra para o mercado.

O presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado da Paraíba, Romualdo Farias de Araújo, elogiou a iniciativa do Sindipan/Campina Grande ao realizar a Expopão e enalteceu o evento como demonstração da pujança do segmento que tem se fortalecido e crescido no contexto econômico da região.

Por fim, o presidente em exercício do Sindipan/CG, Marcos Rogério de Sousa, declarou que a Expopão é uma realização de todos os panificadores.

“O nosso negócio realmente é fazer pão”, disse ele sobre o desafio de tornar a feira uma referência na região.

“Em um momento de tantos desafios, o nosso segmento consegue inovar e fortalecer a relação com parceiros e fornecedores”, completou Rogério ao se referir sobre a quinta edição consecutiva da Expopão.