Advogado de Luís Antônio classifica de ‘inusitado’ parecer a favor de Berg

Compartilhe essa notícia

Edward Jonhson, advogado do prefeito interino Luís Antônio, de Bayeux, não viu fato novo no parecer da PGR pela soltura e retorno do prefeito Berg Lima ao cargo.

“O parecer não vincula a decisão que haverá de ser tomada pelo STJ, tratando-se de manifestação opinativa que diverge do entendimento do Ministério Público Local e do Tribunal de Justiça da Paraíba”, pontuou.

“Há de se reconhecer que o parecer do procurador Eitel Santiago é no mínimo inusitado ao sugerir uma nova forma de governar; ser prefeito sem poder ordenas despesas nem manter contato com fornecedores”, criticou.