“Estamos trabalhando para livrar a Paraíba do retrocesso e da ineficiência”, diz R

Compartilhe essa notícia

“O retrocesso e a ineficiência são as duas pragas da política”, declarou o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), ao tratar do processo eleitoral de 2018.

Conforme o chefe do Executivo estadual, o PSB vem lutando para manter a continuidade do projeto, seja com o PMDB ou com algum partido que queira continuar nesse mesmo caminho.

Segundo ele, a ineficiência se reveste na demagogia e na apropriação indevida de conceitos e o retrocesso faz da política um instrumento para favorecer a família e ainda o próprio grupo.

“Enfim, seu povinho, enquanto que os interesses coletivos ficam em terceiro plano”, disse.

Ricardo Coutinho voltou a confirmar que o PSB é proponente ao lado de outras forças políticas, que já teve, inclusive, o PMDB no comando desse projeto político.

Foto: Leonardo Silva/ Paraibaonline

Foto: Leonardo Silva/ Paraibaonline

“Eu não vejo como um partido que comanda um projeto, que mudou tanta coisa dentro do Estado, não apresente sua alternativa nesse processo de 2018”, pontuou.

O governador afirmou ainda que o PSB deverá ter candidatura própria com o secretário João Azevedo na cabeça da chapa majoritária.

Contudo, o governador reconhece o que o PMDB realizou pela Paraíba, assim como o senador José Maranhão reconhece o do PSB e que isso é o caminho para um bom entendimento.

“Estamos trabalhando na perspectiva de livrar a Paraíba do retrocesso e da ineficiência”, completou.