Fim do racionamento abre de ato em Campina e Lula bebe água de Boqueirão

Compartilhe essa notícia

A polêmica em torno do fim ou não do racionamento de água em Campina Grande, com as águas da transposição do Rio São Francisco no açude de Boqueirão, serviu como mote para a abertura do ato da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na cidade.

No palco do ato, servidores da Cagepa encenaram a chegada de água na cidade e o ex-presidente Lula bebeu água, como se fosse da transposição.

“A água é do povo. Obrigado Lula e ao governador Ricardo Coutinho, por ter trazido água para a Campina”, disse o locutor da festa.

Da Redação com Wscom