Rejeição da denúncia é uma ‘conquista do estado democrático’, diz Temer

Compartilhe essa notícia
Temer fala sobre votação na Câmara

Temer fala sobre votação na Câmara

O presidente Michel Temer afirmou nesta quarta-feira (2), em pronunciamento no Palácio do Planalto, que a rejeição da denúncia pela Câmara dos Deputados é uma “conquista do estado democrático”.

>> Assista à íntegra do pronunciamento no vídeo acima; leia a íntegra ao final desta reportagem

Temer convocou a imprensa para um pronunciamento logo após a Câmara rejeitar a denúncia da Procuradoria Geral da República por 263 votos a 227 (houve duas abstenções e 19 ausências).

“Quero fazer um breve pronunciamento no dia em que a Câmara dos Deputados, que representa o povo brasileiro, manifestou-se de forma clara e incontestável. A decisão soberana do parlamento não é uma vitória pessoal de quem quer que seja, mas é uma conquista do estado democrático, da força das instituições e da própria Constituição”, afirmou o presidente.

Em seguida, Temer afirmou querer construir um Brasil “melhor, pacificado, justo, sem ódio ou rancor”. Na avaliação do presidente, “erram” aqueles que, segundo ele, querem “dividir” os brasileiros.

“Nosso destino é ser um grande país. É preciso acabar com os muros que nos separam”, acrescentou.

Telão mostra placar final da votação que decidiu pelo arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, na Câmara dos Deputados (Foto: Evaristo Sá/AFP)Telão mostra placar final da votação que decidiu pelo arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, na Câmara dos Deputados (Foto: Evaristo Sá/AFP)

Telão mostra placar final da votação que decidiu pelo arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, na Câmara dos Deputados (Foto: Evaristo Sá/AFP)