Presidente da ACCG vai à Câmara e pede esforços pra regulamentar Escritório Virtual

Compartilhe essa notícia

wwwCom foco no emprego e na geração de emprego e renda, o presidente da ACCG, Marcos Procópio manteve audiência na tarde desta terça-feira, 27, com a presidente do Poder Legislativo Municipal, Vereadora Ivonete Ludgério.

Na pauta, a solicitação para que o município tenha lei regulamentando a atividade empresarial de Escritório Virtual. Participaram da audiência os vice-presidentes da Associação Comercial Antonio Andrade e Anchieta Bernardino.

Neste mês também, Marcos Procópio há havia entregue ao prefeito Romero Rodrigues solicitação para que o município estabeleça legislação regulamentando a atividade empresarial de Escritório Virtual no Município.

O que são escritórios virtuais?
Escritórios inteligentes, virtuais e compartilhados são cada vez mais comuns nas grandes cidades. Essa tendência surgiu diante da necessidade de empresas modernas terem infraestrutura para trabalhar presencial ou remotamente, além de um endereço de prestígio para divulgar e registrar a empresa, atendimento telefônico, gestão de correspondência e outros serviços que saem caros quando contratados isoladamente.

Atrativo para novas empresas
O dirigente da ACCG defendeu que, com a regulamentação da nova atividade, Campina Grande confirma sua condição de cidade inovadora e garante condições legais para que novas empresas possam se instalar no município.

Se aprovada, a legislação vai permitir que as empresas tenham endereço comercial e fiscal, com toda infraestrutura para funcionar e atender seus clientes.

Para o presidente da Associação Comercial, os escritórios virtuais se tornaram um grande instrumento de apoio às empresas que estão em fase de inicio de atividades, como as ‘startups’.