Alcymar critica o “Breganejo” de Marília e manda a cantora “se danar”

Compartilhe essa notícia

O vazamento de um áudio do cantor Alcymar Monteiro criticando a “sertaneja” Marília Mendonça ontem no WhatsApp colocou ainda mais lenha na polêmica fogueira da discussão cultural do São João 2017.

A cantora Goiana disse, no final de semana, que “vai ter sertanejo no São João, sim”, respondendo a Elba Ramalho sobre a invasão dos sertanejos em espaços tradicionalmente nordestinos.

No áudio, postado em um grupo fechado a artistas forrozeiros no WhatsApp e depois vazado na internet, Alcymar Monteiro diz que a música que Marília canta é para “cachaceiros”.

“Essa senhora não tem autoridade para falar nada. Isso é um Breganejo horroroso para quem não tem identidade. Marília, vá cantar lá no seu Goiás. Não vem encher o saco da gente aqui, não. Esse Breganejo que você canta é coisa para cachaceiro, gente sem amor, sem carinho, sem identidade. Ponha a mão na consciência. Agora, a gente cantar no Goiás vocês não deixam”, iniciou o forrozeiro.

Em determinado ponto, o pernambucano avisa: “Eu vou baixar o nível, viu?! Não venha aqui no nosso terreiro querer cantar de galo, não, viu? Aqui quem canta de galo é galo, galinha aqui não canta. Sua música é horrorosa! Você canta para cachaceiro. Eu canto para a família. Você não tem autoridade para falar de Elba, não. Deixa a gente em paz, vão se danar”, finalizou o cantor.

Procurado pela imprensa, Júnior Monteiro, empresário e filho do cantor, confirmou que a gravação contundente foi feita por seu pai, mas que apesar disso o forrozeiro “não tem nada contra Marília”.