PF divulga novo flagrante com primo de senador do PSDB

Compartilhe essa notícia

A Polícia Federal flagrou o primo do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Frederico Pacheco de Medeiros, recebendo uma mala com R$ 500 mil.

O pagamento foi feito pelo executivo Ricardo Saud, da J&F (JBS-Friboi).

A ação foi gravada em 12 de abril, parte de uma série de “ações controladas” realizadas pela polícia após acordo de delação premiada dos donos da JBS, destacou o jornal O Globo.