Cássio: “Romero faz uma administração revolucionária”

Compartilhe essa notícia

De volta à Paraíba após ter participado efetivamente do processo de impeachment de Dilma Rousseff, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) retomou neste final de semana sua participação nos eventos de campanha da Coligação “Por Amor a Campina”, que tem o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) como candidato à reeleição.

Na noite desta sexta-feira, 02, ele participou dos lançamentos oficiais das candidaturas do vereador Nelson Gomes Filho (PSDB), postulante a renovar seu mandato, e de Gilbran Asfora (PSC).

 

Responsável por importantes emendas parlamentares direcionadas a Campina Grande, Cássio fez uma análise sobre os três anos e meio de gestão do prefeito Romero Rodrigues, traçando paralelos com a atual conjuntura da economia nacional.

“Antes de qualquer coisa, é preciso dizer que esse é um momento que o Brasil precisa de estabilidade para poder avançar e superar essa crise. Crise que não é pequena. É a maior da história do país. E por aqui esse fator da estabilidade nós já temos. A estabilidade em Campina tem nome: Romero Rodrigues. À frente da Prefeitura, nós temos um gestor honesto, competente, talentoso, extremamente dedicado, humilde, simples e que ama verdadeiramente a cidade”, comentou o senador.

Prefeito de Campina Grande por três vezes, o hoje líder do PSDB no Senado disse conhecer as dificuldades pelas quais passam os gestores municipais, principalmente agora, com as receitas de FPM e ICMS caindo a cada mês.

E na avaliação de Cássio, a administração de Romero tem servido de exemplo para o Brasil. O senador citou a municipalização dos hospitais Pedro I e Dr. Edgley, e da AACD, as mais de 250 ruas pavimentadas, a duplicação da avenida Argemiro de Figueiredo, retomada nos primeiros dias de governo, em 2013, além da obra da Alça Leste, o Complexo Aluízio Campos e o Parque da Liberdade para fazer uma constatação.

“A despeito da profunda crise que o país vive, Romero faz uma administração revolucionária, transformadora. E mesmo ser ter ainda a oportunidade de um segundo mandato, ele já está no rol dos grandes prefeitos da história de Campina”, pontuou.

*Com informações da Ascom