Eduardo Cunha ´sustentava´ mais de 200 deputados

Compartilhe essa notícia

O lobista Júlio Camargo, um dos delatores da Operação Lava Jato, confirmou em depoimento ao Supremo Tribunal Federal que, em 2011, foi pressionado e extorquido pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a pagar propina de US$ 5 milhões.

“Para justificar a cobrança dos valores, ele (Eduardo Cunha) disse que tinha uma bancada de mais de 200 deputados para sustentar”, afirmou o delator, conforme o jornal O Estado de São Paulo.

*fonte: coluna Aparte

Para ler a coluna inteira acesse aqui:

http://paraibaonline.net.br/p_aparte/

FONTE: Da Redação