Novo sistema de racionamento começa com falhas em Campina

Compartilhe essa notícia

O gerente da Cagepa Borborema, Ronaldo Menezes, explicou em entrevista na manhã desta segunda-feira (18) alguns casos que fogem ao novo cronograma de racionamento da Cagepa, que começa a valer a partir de hoje.

Apenas os bairros que compreendem a zona 1, parte Sul da cidade, terão água hoje. A zona 2 será abastecida a partir de quinta-feira (21).

Entretanto, há casos que fogem ao cronograma, por exemplo: parte do bairro José Pinheiro, que corresponde à zona 2, tem água.

– No início da operação, isso é normal. Alguns bairros estão localizados nos limites das duas zonas estabelecidas, como é o caso do José Pinheiro, que a gente pensou que fosse zona 2. Então, vamos modificar isso no cronograma e continuar monitorando esses casos – declarou o gerente da Cagepa.

Ele também explicou que a água deve chegar um pouco mais tarde nos bairros que possuem topografia elevada, mesmo que eles estejam incluídos nos dias de abastecimento.

– Isso acontece devido à pressão da água. Daqui a algumas horas, a pressão vai se normalizar e esses bairros também serão atendidos – justificou.

Ronaldo afirmou que o açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) já começou a operar no volume-morto.

Nesse momento de crise hídrica, as pessoas estão reservando água em baldes e caixas d’água, assim como economizando e reutilizando a água nos serviços domésticos.