Presidente da ACI lamenta assaltos a jornalistas

Compartilhe essa notícia

O presidente da Associação Campinense de Imprensa (ACI), Fernando Soares, lamentou em nota a onda de violência em Campina Grande, que vem atingindo profissionais da imprensa.

Nessa segunda-feira (4) um radialista foi assaltado, às 7h, no Parque do Povo. Os jornalistas Carlos André e Magdônia Alves também foram vítimas de assaltos na cidade.

 

– A questão da insegurança em nossa cidade envolvendo profissionais da imprensa não aconteceu, apenas, nessa segunda-feira no encerramento do Maior São João do Mundo. Fatos dessa natureza, que envolveram o repórter Hiran Barbosa, se repetiram ao longo dos últimos dias envolvendo outros profissionais da imprensa de Campina Grande, que tiveram seus equipamentos de trabalho roubados pela bandidagem. A preocupação da Associação Campinense de Imprensa é constante, é contínua e esperamos que as autoridades competentes possam, dentro de suas responsabilidades, tomar providências para que fatos mais graves não venham a acontecer – disse.

Fernando frisou que muitas vezes os jornalistas estão sendo impedidos de realizar suas atividades porque são ameaçados pelos que vivem fora da lei.

Ele convidou a sociedade para se unir em um debate procurando caminhos que levem a uma sociedade mais segura.

– Esperamos que as autoridades e as polícias possam intervir, possam ter um planejamento, possam ter uma ação de segurança mais eficiente e mais eficaz de combate à criminalidade – concluiu.