Miss Gay Nordeste em JP acaba em confusão

Compartilhe essa notícia

O que seria uma festa glamourosa com brilho e diversão terminou em uma confusão generalizada durante a 8ª edição do Miss Nordeste Gay, realizada nesse domingo (8), em João Pessoa. Inconformada com o resultado, a miss gay Sergipe arrancou a peruca da miss gay Ceará e o caso precisou de intervenção da polícia. A Paraíba teve representante no concurso;

Segundo o missólogo Hermanny Cruz, que foi um dos jurados, cinco candidatas dos estados do Rio Grande do Norte, Ceará, Sergipe, Piauí e Maranhão disputavam o título de mais bela do Nordeste quando a Mellany Madson, miss gay Sergipe, iniciou a briga no palco do teatro Lima Penante, quando era anunciado o resultado.

“Quando a apresentadora do evento anunciava a vencedora – que foi a Ysis Lauanda (miss gay Ceará) – a miss gay Sergipe arrancou a peruca dela por não aceitar o resultado. Foi uma situação tensa e os seguranças agiram rápido”, falou o jurado.

Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram que a confusão foi além do palco, com discussão no camarim e nas dependências do teatro. Amigas das participantes entraram em confronto e os seguranças foram chamados para acalmar os ânimos.

Uma viatura da Polícia Militar esteve no local e a miss gay Sergipe teve que sair do evento escoltada, temendo ser linchada. O Portal Correio tentou contato com as misses e a organização do evento, mas até a publicação desta reportagem ninguém tinha atendido as ligações.

Apesar da confusão, Ysis Lauanda, miss gay Ceará, foi coroada como vencedora oficial do concurso.