• Campina Grande - PB
  • pbconfidencial@gmail.com

barra

Decreto da Arquidiocese da Paraíba proíbe que padres fiquem sozinhos com menores

AA

A Arquidiocese da Paraíba expediu um decreto cautelar no qual fica expressamente proibido que padres fiquem sozinhos com menores desacompanhados dos pais ou responsáveis.

Segundo ele, o decreto apenas normatiza aquilo que já é orientação da Igreja para com os Clérigos, Padres e Diáconos, ou seja, o cuidado que a instituição deve ter no trato com menores e com adultos em situação de vulnerabilidade.

O arcebispo metropolitano da Paraíba, Dom Manoel Delson, explicou ainda que não somente a Igreja, mas qualquer instituição que lida com esse público pontualmente deve ter essas observações do decreto para que todos tenham a atenção nos encargos necessários a esses segmentos.

“Esse decerto já era pra ter sido emitido desde o final ano passado. O departamento jurídico, juntamente com o canonista da Diocese, já vinham elaborando um texto sobre a orientação para o Arcebispo. Depois vieram as férias, e nessa quarta-feira, dia 6, houve o primeiro encontro com todo o clero e nesta reunião o decreto foi publicado com os cuidados para evitar e proteger a imagem do padre e dos menores, como também, de proteção da instituições”, explicou.

O decreto vem em apoio às acusações que a Igreja tem sofrido por conta de alguns padres que tiveram os nomes envolvidos no escândalo de exploração sexual contra menores de idade denunciados pela Justiça do Trabalho de Paraíba, que condenou a Igreja Católica a pagar indenização de R$ 12 milhões às vítimas.

Dom Delson alertou ainda que, em casos de condutas suspeitas de abuso sexual por parte dos sacerdotes, ele pode limitar ou até mesmo suspender o exercício da atividade pastoral dos religiosos até que as acusações sejam esclarecidas.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone

About the author /


Related Articles

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com