• Campina Grande - PB
  • pbconfidencial@gmail.com

barra

Histórias de sucesso profissional se perpetuam no SENAI da PB

????????????????????????????????????

Arthur Victor é de uma época em que os jovens de Campina Grande tinham como missão ser aprovado no processo seletivo do SENAI. Em 2001, ele conseguiu ingressar na instituição, após ser aprovados para o curso de Metalmecânica, no SENAI da Prata.

E se para ele, uma missão tinha sido alcançada, para os pais do jovem, era um sonho que se concretizava. “O sonho de qualquer pai era ver o filho estudando no SENAI, e pude realizar esse desejo dos meus pais, eu e meu irmão nos matriculamos na Instituição, que nos formou profissionalmente, e nos deu oportunidades de trabalho, e de crescimento”, lembra Arthur.

Enquanto aluno do SENAI, Arthur pode competir na Olimpíada do Conhecimento, maior competição de Educação Profissional do Brasil, uma experiência que proporcionou uma bagagem de novos conhecimentos, e que despertou nele o desejo de manter a busca permanente pela qualificação.

Em 2008, ele foi contratado para atuar como instrutor da Instituição, e atualmente trabalhar nas áreas de metalmecânica e eletroeletrônica. “No SENAI tenho ampliado a cada dia meus conhecimentos, porque é uma instituição que nos estimula a crescer profissionalmente, e é esse desejo de crescimento que busco passar para meus alunos”, enfatizou o instrutor.

Hoje, Arthur atua nas áreas de metalmecânica e eletroeletrônica, e busca contribuir, na parte de consultoria e ensino, realizando trabalhos para empresas sempre buscando retribuir com a Instituição que tanto colaborou para o sucesso profissional dele.

“Tudo que eu conquistei em minha vida foi graças ao SENAI. Aqui é a minha casa, onde tenho uma verdadeira família. Meus alunos, os instrutores que trabalham comigo, e os demais colaboradores da Unidade do SENAI da Prata, representam para mim uma família em sua verdadeira essência, pois temos o mesmo objetivo, trabalhamos para fortalecer o SENAI”, afirmou Arthur Victor.

Exemplos como o dele são comuns na instituição, jovens que ingressaram como alunos, se profissionalizaram e hoje retribuem com o SENAI.

André Tavares foi aprovado em 2006, no processo seletivo do curso de Mecânico de Manutenção de Máquinas Industriais, e nos últimos 12 anos, teve um sólido crescimento profissional.

“O SENAI sempre foi uma referência em Educação Profissional para minha família, meus pais desejavam que eu me matriculasse na Instituição, por ser a maior e melhor instituição de ensino voltada para a indústria. Durante o curso tive a oportunidade de participar da Olimpíada do Conhecimento, competindo na modalidade de Metrologia Dimensional, e também participei do Inova SENAI, duas experiências, que contribuíram para que eu me tornasse em pouco tempo, um instrutor da Instituição”, ressaltou André.

Em 2011, André foi contratado pelo SENAI para trabalhar como instrutor, em sala de aula, ele foi responsável por treinar alunos para competir na Olimpíada do Conhecimento, na ocupação de Metrologia, e os resultados foram positivos, os alunos orientados por ele conquistaram medalhas de ouro, na etapa nacional da competição.

“Considero-me realizado aqui no SENAI, hoje sou um dos responsáveis pelo Laboratório de Calibração do SENAI da Prata, onde oferecemos consultorias para as empresas na área de Automação. Quando olho para trás vejo, que hoje estou retribuindo com a instituição que me deu todo suporte para que eu me tornasse o profissional que sou. Gratidão é a palavra que define todo o apoio que tenho recebendo ao longo dos últimos anos”, disse.

E Joselito Herculano, morador da cidade de Queimadas, localizada há 16 km de Campina Grande, ficou sabendo da existência do SENAI por um amigo da escola. Em 2008, o sonho do jovem, de se tornar um Mecânico de Manutenção de Máquinas Industriais se realizou.

“Um dia conversando com um colega da escola, ele me relatou sobre uma instituição que existia em Campina Grande, com importante capacidade técnica, e que formava excelentes profissionais. Essa instituição era o SENAI, não pensei duas vezes, me inscrevi no  Processo Seletivo, fui aprovado, e nesse mesmo ano iniciei meus estudos com o objetivo de ser aluno de Olimpíada, pois naquela época, era o sonho da qualquer estudante competir na Olimpíada do Conhecimento. Em 2009 fui campeão estadual, na ocupação de metrologia, e em 2010, também competi, na etapa nacional, e fiquei em 2º lugar no Brasil”, lembra Joselito.

Em 2010, após retornar da Olimpíada Joselito teve a grata surpresa de ser contratado pelo SENAI como prestador de serviços, na área de docência, e em 2012 foi efetivado como instrutor da área de metalmecânica. “Toda essa evolução me trouxe uma alegria muito grande, porque  o sonho de qualquer aluno do SENAI, é se tornar um instrutor, foi assim comigo, tinha em meus instrutores, os maiores exemplos profissionais, e percebo que isso vem se perpetuando, hoje procuro ser um exemplo para meus alunos”, destacou o instrutor.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone

About the author /


Related Articles

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com