Suposta retirada de Projeto das PPP é vista com desconfiança pelo Stiupb

Compartilhe essa notícia

O anúncio feito pela Procuradoria Geral do Município de Campina Grande, dando conta que nesta nessa quarta-feira (18), o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) teria pedido a devolução do projeto que regulamenta as parcerias público-privadas, foi recebida com desconfiança pelo movimento dos trabalhadores da Educação, Saúde e servidores da Cagepa, até porque, no site da Câmara Municipal, ainda consta que a iniciativa do chefe do Executivo que continua com seu tramite normal, e vale o que está registrado documentalmente no sítio do Poder Legislativo.

Na opinião do presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb), Wilton Maia Velez, a Procuradoria e o Prefeito, na verdade, sentiram a força do povo organizado e reconhece que o Projeto tem o objetivo de privatizar os serviços de Saúde, Educação e Serviços de fornecimento de Água e Coleta e Tratamento de esgoto, entre outros serviços da Administração Pública .

“Não iremos deixar acontecer com a Cagepa, a exemplo do que foi feito com a Celb. Temos memória e poder de luta. Sabemos o que há por trás desse suposto pedido de devolução do Projeto. Obviamente que o chefe do Executivo Municipal tentará usar de outra estratégia para com o intuito de realizar seu objetivo, ou seja: PRIVATIZAR. Mas, estaremos vigilantes, atento às movimentações e em defesa do serviço público,  e CONTRA A PRIVATIZAÇÃO”, destacou, Wilton Maia.