Presidente da ALPB critica postura dos deputados federais em voto favorável a Temer

Compartilhe essa notícia

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia (PSB), condenou a postura dos deputados federais que salvaram a pele do presidente Michel Temer (PMDB), acusado de corrupção passiva pela Procuradoria Geral da República.

 

Para Gervásio Maia, os atos dos parlamentares têm trazido prejuízos ao país, pois eram todos do mesmo grupo pela disputa do poder, mas acabaram se dividiram causando estrago terrível ao país tirando uma presidente, Dilma Rousseff (PT), que não tinha absolutamente nada contra ela, o que ficou provado.

Segundo ele, a retirada da presidente foi algo que não tinha respaldo para tanto e é por isso que está essa celeuma toda em Brasília com a retirada e nomeações de ministros, de decisões desencontradas sobre as reformas, o que tem tirado a credibilidade do país e a crise se instalou.

“Eu digo que o presidente Temer não tem legitimidade porque as coisas estão sendo conduzidas da forma como todos os brasileiros sabem. Eu imagino que em 2018 isso possa ser mudado. Eu gostaria muito que nada disso tivesse acontecido. Se alguém cometeu algum erro, que pague por ele”, observou.

Gervásio disse ainda  que se estivesse lá manteria a sua linha de pensamento com a coerência das coisas e não concordaria com nada disso, desde o princípio, e não pelos acontecimentos dessa quarta-feira (3) na Câmara Federal, mas desde o impeachment da presidente no qual teria se colocado contrário.