Veneziano critica seleção para preenchimento de vagas em UPA de Campina

Compartilhe essa notícia

O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) criticou o processo de seleção para o preenchimento de vagas para a UPA porte 2, em Campina Grande, que será feito através de análise de currículo e entrevista.

Segundo ele, a seleção deveria ser chamada de “seleção indicada”, pois, nos cinco anos do governo do prefeito Romero Rodrigues (PSDB), “ele só fez um concurso eivado de vício”.

 

– Uma seleção indicada, onde os currículos serão apresentados aos agentes políticos. Era bom que o Ministério Público do Trabalho pudesse ver isso. Se nós eleitores não observarmos isso, esses políticos ficam ‘na boa’, eles não se preocupam […] É uma gestão medíocre e de enganos. Depois de cinco anos, o prefeito faz um escarcéu, alardeia que vai entregar uma UPA, que era para ter sido entregue em 2013, ao invés de dar explicações à população pelas mortes causadas por uma superbactéria na UPA porte 3. É uma administração medíocre, não é nem do feijão com arroz. Teve a competência de fechar a voz dissonante de vereadores na Câmara, com raríssimas exceções – criticou.