Presidente do PT da Paraíba afirma que Lula é o único plano do partido para 2018

Compartilhe essa notícia

Apesar de ter recebido várias críticas de que o movimento não atingiu o número esperado em João Pessoa, pelo ato das Diretas Já realizado na última sexta-feira (23), na Capital do Estado, o presidente estadual do PT na Paraíba Jackson Machado avaliou que foi muito positivo, especialmente, porque o ponta pé inicial foi dado na capital paraibana servindo de exemplo ao povo brasileiro, que clama pela a escolha de um novo presidente da República.

“A Frente Brasil Popular e os partidos que a compõe avaliam positivamente. Foram mais de sete mil pessoas presentes. Foi o primeiro ato que irá acontecer no Brasil todo e João Pessoa foi escolhida como a primeira Cida a sediar o movimento das Diretas organizado pela Frente parlamentar e estamos confiantes do êxito dessa movimentação no país”, destacou.

Sobre as perspectivas do PT com o ex-presidente Lula poder disputar as eleições em 2018, Macedo ressaltou que ele tem tudo pra ser o candidato e não acredita que o “Caso Triplex” seja motivo para tirar o ex-presidente das eleições majoritárias do próximo ano.

“Ficou provado nos autos que o apartamento não é dele e não faz sentido uma vez que 93 pessoas foram arroladas no processo testemunharam a favor de Lula e apenas uma afirma o contrário para que ele seja condenado por isso. Avaliamos que essa questão será revertida no Tribunal Regional Federal e ele poderá ser candidato”, enfatizou.

Indagado se caso Lula não possa, se a ex-presidente Dilma Rousseff não poderia ser a candidata, Jackson Macedo afirmou o que a presidente nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann disse durante o ato de João Pessoa. Ou seja, que o PT tem como plano A, B ou C a candidatura de Lula:

“O PT não tem outro plano a não ser o de Lula candidato a presidente da República”, referendou.