Temer gastou R$ 15 bilhões para se ´manter vivo´

Compartilhe essa notícia

Além de acelerar a liberação de dinheiro para emendas parlamentares, o governo escolheu os dias de votação do relatório que pedia o prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal para anunciar somas bilionárias que atendem às pretensões eleitorais de deputados aliados, como crédito para iluminação pública, saneamento e gestão de resíduos sólidos.

Embora conviva com rombo nas contas públicas, o Planalto, em dois dias, lançou programas e liberou verbas que chegam a R$ 13,4 bilhões, um sexto de todo valor investido nos últimos seis meses, informa o jornal O Globo.

Soma-se a esse valor R$ 1,9 bilhão de emendas parlamentares empenhadas nas últimas dua