Vice-presidente do Senado crê que denúncia contra Temer será autorizada na Câmara

Compartilhe essa notícia

O vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima, do PSDB-PB, em entrevista nessa segunda-feira, 3, culpou o PT, em especial a ex-presidente Dilma Rousseff, pela crise política nacional.

Cássio disse que, mesmo se o atual presidente, Michel Temer (PMDB), fosse muito irresponsável e incapaz, ele não iria criar, em apenas um ano de governo, o caos político que o país passa.

 

O senador disse que no governo da petista é que aconteceu este “desarranjo, fruto de um projeto de poder que criou uma organização criminosa de prática desenfreada da corrupção”.

– Os problemas do país remontam de longa data, notadamente no mandato da presidente Dilma. Ela empurrou a economia brasileira para uma verdadeira tragédia e hoje temos mais de 16 milhões de desempregados, inflação alta e o ambiente de grande recessão. Temer recebeu uma herança maldita – falou.

Com relação às denúncias do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente, Cássio disse que acredita que a Câmara dos Deputados tende a autorizar a abertura do processo de julgamento, pois a pressão neste sentido será muito grande.