Presidente da ACCG: A data da greve geral é inoportuna

Compartilhe essa notícia

O presidente da Associação Comercial de Campina Grande, Marcos Procópio, opinou sobre a greve geral marcada para a próxima sexta-feira, 30.

Ele disse que é uma data inoportuna, pois como já existe um grande número de feriados no país, mais uma paralisação afeta a economia.

Para ele, a data ideal seria em um domingo, quando uma maior parte da população poderia participar, já que não seria um dia útil.

 

– Se convocar as atividades para um domingo, se permite que de forma voluntária, outros indivíduos possam participar, pois não tem os dias úteis prejudicados – falou.

Procópio disse entender a legitimidade do movimento e que é direito de todos se manifestar, mas a data escolhida para a manifestação coincide, também, com a finalização do Maior São João do Mundo, realizado em um mês considerado importante para o comércio de Campina Grande.

Ressaltou ainda que é preciso que se respeite os direitos dos que não querem participar.

– A partir do momento que é forçado a fazer, descaracteriza o movimento – falou se referindo aos atos de fechamento de lojas e outros estabelecimentos, na última greve geral.