Greve geral: ônibus não devem paralisar em Campina

Compartilhe essa notícia

Está marcada para a próxima sexta-feira, 30, em todo o país mais uma paralisação geral dos trabalhadores contra as ações do governo federal.

Em Campina Grande, a expectativa é para uma grande mobilização, mas diferente do que aconteceu no mês de abril, os motoristas de ônibus não irão participar da parada.

 

Foi o que garantiu o presidente do Sindicato dos Motoristas de Ônibus, Antonino Macedo.

Apesar de apoiar o movimento, o sindicalista disse que a paralisação não será possível porque coincide com a data-base dos profissionais, que está em negociação com a classe patronal e isto poderia atrapalhar.

– A greve é justíssima, nós apoiamos, mas não vamos participar porque estamos em negociação da nossa data-base, que é 1º de julho, e estamos realizando negociação salarial com a classe empresarial. Além disso, estou participando de um congresso em Brasília e não teria como organizar – disse.