Dois homens são presos em Bayeux acusados de matar um no Parque do Povo

Compartilhe essa notícia

Dois suspeitos de envolvimento na morte do vendedor Davson Oliveira Barbosa, de 30 anos, no Parque do Povo, em Campina Grande, foram detidos nesta terça-feira (20), em Bayeux, na Grande João Pessoa. A informação foi confirmada pelo delegado de Homicídios Pedro Ivo Soares.

De acordo com o delegado, as equipes da Polícia Civil na Região Metropolitana de João Pessoa fizeram buscas depois da divulgação das imagens dos supostos assassinos na imprensa. A partir dessas buscas, foram localizados um jovem de 29 anos e um adolescente de 17 anos que podem ter sido os autores do crime.

Os dois foram encaminhados para Campina Grande, onde está acontecendo a investigação do crime, para que a equipe responsável possa seguir com as diligências. O adolescente foi transferido na presença de um responsável.

O crime aconteceu na madrugada da segunda-feira (19), durante o show de Wesley Safadão, durante o São João de Campina Grande, no Parque do Povo. Ele morreu durante uma tentativa de assalto.

Davson Oliveira e um amigo foram abordados quando retornavam do banheiro, na área conhecida como Pirâmide do Parque do Povo. Quatro homens abordaram os dois pedindo algum objeto, mas Davson avisou que não tinha nada e foram liberados. Na saída, um dos assaltantes falou alguma coisa, Davson respondeu e logo em seguida foi atacado, segundo relato do amigo que acompanhava a vítima.

Homem morto no Parque do Povo acompanhou amigo na festa por ‘segurança’