Janot é contra pedido de Aécio para que se apure vazamento de delação da Odebrecht

Compartilhe essa notícia

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao ministro Edson Fachin parecer no qual se manifesta contra a abertura de inquérito para investigar vazamento da delação de Benedicto Barbosa da Silva Junior, executivo da Odebrecht. O pedido de apuração foi feito pelo senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), um dos citados no documento. “Na ausência de elementos concretos suficientes que indiquem o cometimento de crimes, não há de se falar, tendo em vista o teor da representação, em adoção de providências de cunho processual”, afirmou Janot no parecer, remetido ao STF nesta quarta-feira (14).