Urbanitários vão às ruas e protestam contra reformas do Governo Temer

Compartilhe essa notícia

Neste dia histórico de 28 de abril de 2017, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba – Stiupb, conseguiu sensibilizar os funcionários das empresas ligadas à entidade, Cagepa, Energisa, Chesf e Termelétrica, e houve adesão maciça à Greve Geral.

Em frente à Energisa na alça sudoesta e na Cagepa no centro da cidade, o presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, entre outras lideranças, usou da palavra e falou dos prejuízos diante das reformas atuais, como a terceirização e a  trabalhista, além da que estar por vir, a reforma da Previdência.

Além disso, o Stiupb, também denunciou a possibilidade da Cagepa ser municipalizada/privatizada e ou terceirizada, graças ao desejo do Governo do PSDB de Campina Grande, por intermédio da Prefeitura.

No período da manhã e boa parte da tarde, servidores das empresas se uniram aos demais trabalhadores de outras tantas categorias que estavam na área central campinense. “Foi emocionante e verdadeiro, Quebrou a cara quem disse que Campina não iria parar. Nada funcionou, bancos, escolas, ônibus, universidades, comércio. E melhor ainda, o povo foi receptivo ao movimento. Afinal, só conquista quem luta. A história tem mostrado isso”, destacou Wilton Maia.