Mesa Diretora da CMJP lamenta morte de ex-prefeito e jornalista

Compartilhe essa notícia

Jota tinha sido transferido para Porto Alegre, onde faria um transplante de pulmão. Durante a viagem, ele sofreu uma parada cardíaca e precisou ser internado em Belo Horizonte (MG), mas o apresentador não resistiu e faleceu na capital mineira.

Natural de Campina Grande, Jota Júnior tornou-se conhecido em todo o Estado através da televisão, onde apresentava um programa de grande audiência numa emissora local.

Também exerceu carreira política, vencendo a disputa para a prefeitura de Bayeux contra a então candidata à reeleição, Sara Cabral (PTB), em 2004.

Com carisma e um jeito próprio de convencer, foi vencedor da disputa por uma diferença de quase 10 mil votos, sendo reeleito em 2008 quando concorreu com o ex-prefeito Expedito Pereira.

Jota Júnior tinha 55 anos. Deixa esposa, duas filhas e dois netos.