Ricardo: “O PSB não tem pressa para apresentar nomes para disputar o governo”

Compartilhe essa notícia

O governador Ricardo Coutinho mandou um recado aos seus adversários políticos que criticam o PSB por não ter ainda um nome para sucedê-lo nas eleições majoritárias de 2018.

Ele aconselhou aos adversários a terem calma ou tomarem chá de camomila e se não der certo, tomar “Rivotril” até o início do processo eleitoral para poderem aguentar o ritmo de realizações que o governo do PSB está fazendo em prol da Paraíba.

“O importante é que nós temos projetos em todas as áreas deste Estado. Portanto, o nome é uma conseqüência que vai vir no, momento adequado, porque a grande decisão do povo da Paraíba não é se vai ser fulano ou sicrano o governador do Estado depois de mim. A grande decisão será se Paraíba vai voltar a uma época em que o povo não tinha nada ou pouca coisa ou se ela vai continuar adiante semeando mais coisas”, avaliou.

Conforme o governador, o nome que o PSB irá apresentar vai representar um salto adiante da condição atual da Paraíba, em defesa do projeto do partido e não o retrocesso da política  velha, dos conchavos, das oligarquias e da ineficiência administrativa.

“Essa é a diferença que o povo sabe. O momento agora é de trabalhar e como eles não têm o que mostrar estão antecipando o debate político”, destacou.

O governador disse ainda que estes que falam são adversários que não conseguem fazer uma crítica administrativa.

“Esse povo está fora da realidade e acha que fazer política é está de” blá, blá, blá” nos Blogs políticos. Eu não tenho tempo para isso. Se ele têm nomes é porque são fisiológicos, mas não tem projetos. Nós é que temos projetos”, enfatizou.