Jurí Simulado reproduz condenação de Jesus

Compartilhe essa notícia

Estudantes do curso de Direito da Unifacisa promovem na próxima terça-feira (11) a reprodução do julgamento que resultou na crucificação de Jesus Cristo, como é relatado na Bíblia.

A proposta do Júri Simulado é tentar saber se o julgamento que resultou na condenação de Jesus cumpriu todas as regras jurídicas vigentes na época e não teria se tratado deu em uma farsa. Os graduandos também buscarão saber se a pena estava de acordo com o critérios.
O julgamento
O Processo do Julgamento clama por Justiça até hoje e interpela todos os homens e mulheres de boa vontade para trabalharem em prol de uma nova ordem política, jurídica e social, mais justa e menos desigual, na qual o Direito e a Justiça caminhem de braços dados.
Quem estará no banco dos réus será o Processo que condenou Jesus Cristo. Entre os questionamentos que serão levantados: uma prisão ilegal, porque aconteceu à noite, violando a Lei Judaica; um processo articulado pelo conspirador Judas Iscariotes, em violação à Lei Rabínica; um julgamento de um humilde carpinteiro diante dos homens mais poderosos do país; uma decisão de um procurador imperial acovardado, que não teve coragem de lutar e enfrentar o Sinédrio, e que acabou condenando um inocente, para não desagradar a César.