Conselho de Segurança de CG: “Indisponibilidade do secretário é um descompromisso”

Compartilhe essa notícia

O presidente do Conselho Municipal de Segurança de Campina Grande, Anchieta Bernardino, revelou durante entrevista concedida nesta terça-feira (4), que tenta há um ano agendar uma reunião com o secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima.

– Estamos pedindo que isso seja concedido, como é concedido aos diversos segmentos de Orçamento Participativo nos bairros da cidade. Por que um Conselho desse que trata da situação mais difícil que atravessamos hoje, que é com a insegurança, não é atendido? Já pedimos presença dele (Cláudio Lima) na reunião do Conselho e pedimos que agora ele marque o local da melhor conveniência para ele – solicitou.

 

Após encaminhar três ofícios a Cláudio Lima, Bernardino avalia que a indisponibilidade do secretário é um descompromisso e desinteresse com as atividades inerentes à pasta.

– Vamos continuar fazendo as reuniões, que são obrigações do Conselho. Ainda bem que as entidades não estão se negando a fazer isso, todos estão participando e discutindo segurança – falou.

Anchieta afirmou que o governo do Estado, em termos de segurança, abandonou a Paraíba.

– Pelos números que são estatísticos, deveríamos ter 18 mil policiais e temos oito mil. Os números já dizem tudo, a defasagem não é só em Campina, é na Paraíba. Já tem concursado que formou a Associação dos Concursados e a maioria deles foram até treinados para serem contratados. É isso que mais as entidades representativas no Conselho têm reclamado – concluiu.