Vasco conta com pênalti inexistente e arranca empate contra o Fla

Compartilhe essa notícia

Em noite de muita chuva e campo molhado no Mané Garrincha, em Brasília, Flamengo e Vasco empataram o Clássico dos Milhão em 2 a 2. Yago Pikachu abriu o placar para o cruzmaltino no primeiro tempo, William Arão e Berrío marcaram os gols da virada Rubro-Negra na etapa final, mas Nenê, contando com pênalti que não existiu, deixou tudo igual aos 49 minutos.

O jogo foi marcado por uma arbitragem polêmica de Luis Antônio Silva dos Santos, que expulsou Luís Fabiano após uma aparente tentativa de agressão do jogador, anulou um gol duvidoso do Flamengo e, no final do confronto, marcou pênalti após um toque de mão inexistente de Renê, que culminou com o empate do Vasco.

O resultado manteve o Flamengo com 100% de aproveitamento na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro lidera o grupo B com 10 pontos, três a mais que o vice-líder Nova Iguaçu. Já o Vasco é o quarto colocado no grupo C com apenas 6 pontos em quatro rodadas.

Na próxima rodada da Taça Rio, o Flamengo visita o Volta Redonda no Raulino de Oliveira, na quarta-feira. O Vasco, por sua vez recebe o Boavista em São Januário, na quinta, em duelo decisivo para as duas equipes na competição.