Parlamentar diz que terceirização já é feita no país e não contraria legislação

Compartilhe essa notícia

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) justificou o voto dele no projeto de lei que visa à terceirização para todas as atividades.

Ele disse que votou pelo momento que o Brasil enfrenta e que é preciso aumentar a competitividade para poder sair da estagnação.

 

– O Brasil parou de produzir, de competir, e está estagnado. Precisamos reagir e isso só acontece quando mudarmos e reformarmos. A terceirização é importante porque ela já acontece no país e a lei não contraria a CLT. A legislação não rasga o FGTS. Este e outros direitos são garantidos – disse.