Câmeras registram fuga de atirador no Ministério Público de Natal

Compartilhe essa notícia

Videos do sistema de monitoramento do MP registram o momento de fuga do assessor, após tentar matar dois promotores de justiça. Ele vestia um casaco branco, calça jeans e sapato preto.

O casaco ajudou a esconder a arma de fogo para entrar no prédio. O fato de ser servidor do MP, facilitou a entrada dele.

A policia divulgou imagens do homem que seria o responsável por atirar contra dois promotores de justiça do Rio Grande do Norte, na manhã desta sexta-feira, 24, em Natal.

Blogs, jornais e emissoras de TV locais, já divulgaram o nome e foto do suspeito. Guilherme Wanderley Lopes da Silva, é lotado no cargo de assessor técnico na primeira procuradoria de justiça e tem 44 anos de idade, casado.

Segundo o Portal No Ar, o servidor tinha sido afastado por distúrbios psiquiátricos e depois retomou para suas atividades. No entanto, havia orientação para que houvesse afastamento novamente e isso teria motivado o atentado. Guilherme permanece foragido.

 

O CRIME – Câmeras de vigilância do MP, teriam captado o momento do ataque e a entrada dele no prédio. O homem invadiu uma reunião e efetuou os tiros dentro da sede do MP em Natal.

Assessoria do MP, confirmou ao FalaRN, que estão feridos os promotores, Wendell Beetoven Ribeiro Agra e Jovino Pereira Sobrinho.

O promotor Wenddel, foi atingido nas costas e levado para o Hospital Walfredo Gurgel.

O procurador geral- adjunto, Jovino foi baleado duas vezes, um tiro foi no abdômen. Foi atendido no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Ainda não há informações sobre os riscos dos ferimentos.

De acordo com assessoria, o atirador permanece foragido. A polícia chegou ao local, isolou a área, faz buscas e vai abrir inquérito.

– See more at: http://falarn.com/cameras-registram-fuga-de-atirador-no-ministerio-publico-de-natal/#sthash.60tPh4iS.dpuf