Sessão especial em Campina homenageia Raymundo Asfora

Compartilhe essa notícia

A sessão especial em homenagem ao tribuno Raymundo Asfora foi realizada nesta quinta-feira (23), no plenário da Câmara Municipal de Campina Grande.

O evento é uma iniciativa da Assembleia Legislativa da Paraíba e da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), a partir de requerimento conjunto do deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) e do vereador Lula Cabral (PMB).

 

Intitulada “Raymundo Asfora: 30 anos de saudade”, a sessão especial contou com representantes de vários segmentos, do mundo jurídico, político e artístico, a exemplo dos poetas Jessier Quirino e Oliveira de Panela, dos músicos Amazan, Biliu de Campina e Ton Oliveira.

Na ocasião, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba, concedeu a medalha Raymundo Asfora a algumas personalidades presentes.

Raymundo Yasbeck Asfora nasceu em 26 de novembro de 1930, em Fortaleza, no Ceará, mas ainda com 7 anos de idade começou a residir em Campina Grande. Formou-se em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco e voltou a residir na Rainha da Borborema, onde se destacou como exímio orador.

Boêmio e autor de diversos poemas, entre os quais “Tropeiros da Borborema”, musicado e considerado por muitos o hino extraoficial de Campina Grande, tendo, inclusive, versão gravada por Luiz Gonzaga.

Além de advogado criminalista e professor, também ocupou vários cargos eletivos: foi vereador, vice-prefeito de Campina Grande, deputado estadual, deputado federal e vice-governador eleito da Paraíba, quando veio a falecer poucos dias antes da sua posse, no dia 6 de março de 1987.