Suspeito de integrar quadrilha de explosões a bancos na PB é preso

Compartilhe essa notícia

 

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, deu cumprimento a mandado de prisão, na tarde desta quinta-feira (2), em desfavor de Ednaldo Alexandre de Brito Sousa, 52 anos, investigado por participação em uma quadrilha de ataques e explosões de caixas eletrônicos e agências bancárias com atuação nos Estados da Paraíba e Pernambuco. A prisão aconteceu no bairro do Catolé, em Campina Grande.

De acordo com o delegado Cristiano Santana, as investigações foram iniciadas desde novembro de 2016, quando, no dia 25, uma ação policial desarticulou, no município de Barra de Santana, uma quadrilha e efetuou uma das maiores apreensões de armas no Estado da Paraíba.

Durante ação, foram localizadas uma submetralhadora, 5 fuzis AK, 6 pistolas, cerca de 1.000 munições, dinamites, coletes à prova de bala, roupas camufladas, dentre outras, que eram utilizadas pela quadrilha, que foi desmantelada, tendo como resultado, além da mega apreensão, três prisões.