Flagrado armado no estádio, torcedor do Belo usará tornozeleira eletrônica

Compartilhe essa notícia

Um membro da torcida organizada do Botafogo da Paraíba está sendo obrigado pela Justiça a se apresentar duas horas antes dos jogos do clube e usar tornozeleira eletrônica para cumprir medidas cautelares por ter sido flagrado portando arma de fogo durante um jogo do Belo.

As medidas foram definidas em audiência de custódia. Segundo o diretor do Fórum Criminal de João Pessoa, juiz Adilson Fabrício Gomes Filho as medidas acompanham parecer do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

Além de se apresentar antes dos jogos, o torcedor foi obrigado a usar tornozeleira eletrônica por seis meses e realizar comparecimento mensal ao Fórum Criminal, ficando proibido de ausentar-se de João Pessoa sem prévia comunicação, recolhimento domiciliar noturno, além de comparecer a todos os atos de um eventual processo.