Presidente do STIUPB teme privatização da CAGEPA e cobra posição do Estado

Compartilhe essa notícia

O presidente do Stiupb, Wilton Maia, comentou sobre a possível privatização da Cagepa e disse que o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o secretário João Azevedo já afirmaram que a empresa não vai ser privatizada.

Ele explicou que está faltando franqueza por parte dos representantes do governo, já que na prática o que está sendo feito é diferente.

Wilton apontou que muitos serviços da Cagepa já são realizados por meio de empresas privadas e destacou que apenas o tratamento e distribuição de água não são privatizados.

Também ressaltou que é preciso manter a Cagepa sendo pública, pois os prejuízos para a população podem ser gritantes.

– O movimento que foi feito administrativamente não demonstra a mesma realidade do que afirmam os representantes do governo do Estado. A Cagepa contraiu um empréstimo de R$150 milhões para liquidar suas dívidas e nesse mesmo período já reajustou sua tarifa em mais de 95%, então a empresa está equilibrada – colocou

Ele ainda declarou que o Governo Federal, por meio do BNDS, quer privatizar o acesso à água depois da chegadas das águas da transposição e disse que o Estado não pode deixar que isso aconteça.