Superintendente da STTP nega que tenha feito reunião secreta

Compartilhe essa notícia

A respeito de matéria publicada neste sábado no PARAIBAONLINE, acerca do reajuste na tarifa do transporte coletivo urbano de Campina Grande, o superintendente da STTP, Félix Araújo Neto, enviou uma correspondência à redação do portal. A seguir, o texto, na íntegra.

“Em respeito ao profissional que é, e ao seu público internauta, gostaríamos de esclarecer alguns pontos quanto a matéria veiculada no ParaibaOnline, na manhã  deste sabado, 21, intitulada de “Superintendente da STTP faz reunião secreta e aprova o aumento de ônibus em Campina”:

1 – Não condiz com a verdade de que houve reunião secreta. A convocação de reunião extraordinaria foi provocada pelo SITRANS, com data, local e hora para sua realização, inclusive com sugestão de pauta para a imprensa;

2 – Com a “suspensão temporária” da discussão, por conta do tumulto provocado pelos manifestantes, que queriam intimidar os conselheiros com palavras de que ali estavam com o objetivo de implodir aquela reunião, regimentalmente ficou definido entre os membros do Conselho de que assim que os ânimos se acalmassem,  a reunião teria sua continuidade, ainda naquele momento, o que aconteceu aproximadamente 40 minutos após o incidente.

3 – Conforme decisão de todos os membros, presentes à segunda fase da reunião, ficou deliberado sobre a votação das propostas de tarifas, com maioria de votos, para a sugestão do cálculo da própria STTP,  que foi de R$ 3,00 (valor aproximado à incidência da inflação) e acatada por todos, com posicionamento  divergente por parte dos empresários que pretendiam aprovação da tarifa de R$ 3,10.

4 – Ademais, não há que se falar em reunião secreta quando compareceu uma legítima representação da sociedade campinense através de representantes da UCES, Camara Municipal, Poder Executivo, FIEP, sindicato dos taxistas, mototaxistas e motoristas de transporte coletivo, entre outros.

5 – E por decisão judicial, a definição do reajuste pelo Conselho passa a ser aplicada automaticamente, entrando em vigor a partir da meia noite desta segunda-feira, sem a interferência do prefeito Romero Rodrigues, que está impedido por uma liminar de fazer quaisquer alterações sobre a decisão do COMUTP.

Grato pela atenção, estamos à disposição para dirimir quaisquer dúvidas que achar necessário”.

Campina Grande, 21 de janeiro de 2017

Felix Araújo Neto
Superintendente da STTP