Lobista repassou dinheiro vivo a ex-assessor de Temer

Compartilhe essa notícia

Em 2014, o lobista Lúcio Funaro entregou a José Yunes, ex-assessor especial do governo Temer, R$ 1 milhão em dinheiro a mando da Odebrecht, revela o jornal O Estado de São Paulo.

Um dos auxiliares mais próximos de Michel Temer, Yunes deixou o governo após delação do ex-executivo da companhia Claudio Melo.

Melo narrou que Temer teria pedido a Marcelo Odebrecht R$ 10 milhões para o PMDB, ainda conforme o jornal.

*Fonte: Estadão