Deputado vai apresentar a ‘CPI da Areia’ na Assembleia Legislativa

Compartilhe essa notícia

Em entrevista a imprensa nesta terça-feira (13), o deputado João Gonçalves disse que tem recebido denúncias dos moradores do município de Pilar, localizado no Agreste paraibano, de empresas que estão retirando areia da margem do rio Paraíba e na área urbana da cidade.

Foto: Paraíbaonline

Foto: Paraíbaonline

“Tem uma lei municipal que essa areia só pode ser retirada 500 metros após o perímetro urbano, mas estão retirando de todo jeito. Já tem casas danificadas e isso porque nem está chovendo. Se essa areia fosse retirada de dentro do curso natural do rio para desassorear, tudo bem, mas estão retirando da barreira e quando houver uma invernada, o rio vai invadir a cidade e acabar a cidade de Pilar”, disse.

O deputado disse ainda que tentou falar com um dos proprietários dos caminhões, mas foi recebido de forma deselegante, então denunciou o caso à Sudema e aos órgãos ambientais do município, já que estão operando sob uma liminar do Fórum de Pilar.

Ele disse ainda que se tiver elementos que configurem o desvio irregular nada mais justo que abrir uma ‘CPI da Areia’, que envolverá todo o Estado da Paraíba, não só o município de Pilar e o Rio Paraíba, mas outros que estão sendo alvo desse atentado ao meio ambiente.