Campinense perde atacante por seis meses

Compartilhe essa notícia

A pré-temporada do Campinense não poderia ter começado de forma pior para o atacante Ronan, de 21 anos, revelação do futebol amazonense e em quem os rubro-negros depositavam boas expectativas para 2017.

Após torcer o joelho esquerdo em um lance isolado no  treino da quarta-feira, em um campo particular localizado no bairro de Catolé de Zé Ferreira, o atacante recebeu com muita tristeza resultado da ressonância magnética que realizou ontem.

O exame apontou para a ruptura total do ligamento cruzado anterior do joelho do atleta, lesão que deve deixá-lo fora dos gramados por, no mínimo, seis meses.

fabiogondim_cc

Foto: Phillipy Costa / Paraibaonline

A informação foi confirmada pelo ortopedista Fábio Gondim (foto), chefe do Departamento Médico do Campinense.

Nos próximo dias, segundo ele, Ronan será submetido a um procedimento cirúrgico semelhante ao que passou o lateral esquerdo Ronael, no início do ano.

Contratações

Se a diretoria da Raposa já estava em busca da contratação de dois atacantes, agora essa procura vai ser intensificada por conta da lesão de Ronan.

Segundo o gerente de futebol Marquinhos Marabá, a cúpula rubro-negra está esbarrando nos altos valores de jogadores que estão no mercado atualmente.

– Existem algumas opções e nós estamos tentando. A pretensão é trazer um bom atacante, que tenha características de finalizador. O que tem dificultado essa busca é a pedida salarial alta de alguns atletas que temos contatado – disse o dirigente.