Comissão da Câmara Federal vai acompanhar crise hídrica de Campina

Compartilhe essa notícia

O deputado federal Rômulo Gouveia (PSD-PB) foi escolhido pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para coordenar a comissão que a Casa criou esta semana para acompanhar a crise hídrica que a região de Campina Grande enfrenta.

Além de diagnosticar os problemas enfrentados por Campina Grande, a comissão deve elaborar uma relatório apontando ações que podem minimizar os efeitos com a estiagem, apontando para o Governo Federal sugestões de socorro à cidade que depende de medidas emergências.

“No centro da cidade, onde se concentra a economia local, o racionamento deixa o bairro sem água das 13h do sábado até 0h da quinta-feira todas as semanas. Alguns estabelecimentos passaram a ser abastecidos por carros-pipa. O único negócio que está lucrando é a venda de baldes e caixas d’água”, destacou Rômulo, apontando o dano que  a seca vêm causando à economia da cidade que é uma das mais importantes do interior nordestino.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O açude Epitácio Pessoa, conhecido como Boqueirão, que é responsável pelo abastecimento de água de Campina Grande e mais 19 municípios esta operando no volume morto e pode entrar em colapso, caso a transposição, ou as chuvas, não cheguem na medida adequada em 2017.

Além de Rômulo Gouveia, integram a comissão os deputados: Pedro Cunha Lima (PSDB-PB), Hugo Motta (PMDB-PB), Efraim Filho (DEM-PB) e Raimundo Gomes Matias (PSDB- CE).

FONTE: Da Redação com Ascom