Depoimentos de 35 executivos da Odebrecht são analisados pela Lava Jato

Compartilhe essa notícia

Procuradores de Curitiba (PR) já analisam há 15 dias depoimentos de 35 executivos da Odebrecht, entre os quais de Marcelo Odebrecht.

A estimativa é de que até o final do mês todas as delações estejam checadas, implicando os nomes do ex-presidente Lula, da presidente Dilma Rousseff e deputados e senadores da oposição, como Aécio Neves (PSDB-RJ), de acordo com o jornal O Globo.