São Paulo perde do Atlético Nacional da Colômbia e só milagre leva à final

Compartilhe essa notícia

O São Paulo não foi páreo para o melhor ataque da Copa Libertadores. Dominada durante boa parte do jogo, a equipe sucumbiu após a expulsão do zagueiro Maicon e perdeu por 2 a 0 do Atlético Nacional, nesta quarta-feira, no Morumbi.

O resultado obriga o time a vencer por três gols de diferença no duelo da volta para avançar à final.

 

Foto: Divulgação

Além disso, a equipe terá de arcar com a ausência do capitão Maicon, que custou 5 milhões de euros (R$ 20 milhões) e 50% dos direitos dos jovens Lucão e Ítalo só para jogar as semifinais.

O técnico Edgardo Bauza apostou novamente na improvisação do centroavante Ytalo na vaga do lesionado Ganso, mas a invenção não surtiu o efeito esperado. O atleta só correu em campo e não exerceu nem sombra do protagonismo do camisa 10 – tanto que foi substituído por Alan Kardec, aos 17 minutos do segundo tempo.

O volante Wesley, substituto de Kelvin na ponta direita, foi outro jogador com atuação apagada e que comprometeu a armação do ataque.

Michel Bastos, encarregado das cobranças de bola parada, era o principal destaque ofensivo da equipe. Mas a atuação do meia também deixou a desejar.

Sem companheiros que pudessem servir o ataque, o artilheiro Jonathan Calleri praticamente não encostou na bola durante os 90 minutos de jogo.

Se já era difícil, o jogo ficou ainda mais complicado com a expulsão de Maicon, aos 28 minutos do segundo tempo. Bauza não soube ajustar o sistema defensivo da equipe e viu Borja aproveitar os espaços para anotar os dois gols, aos 36 e 43 minutos. Com os tentos, o Atlético Nacional chegou aos 19 gols na competição continental.

O duelo que definirá o primeiro finalista da Libertadores ocorrerá às 21h45 (de Brasília) da próxima quarta-feira, dia 13, na cidade colombiana de Medellín – onde o Atlético Nacional está 100%.

O São Paulo precisará de uma vitória por dois gols de diferença para levar a decisão aos pênaltis. Um triunfo por três ou mais gols de diferença garante a classificação direta para a final.

FONTE: Da Redação com Gazeta Net