Cagepa estuda possibilidade de novo tratamento da água de Boqueirão

Compartilhe essa notícia

Prestes a entrar no volume morto, as águas do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que abastecem Campina Grande e mais 18 cidades da região, devem ganhar novo tratamento em breve.

O diretor regional da Cagepa, Ronaldo Menezes, informou que a empresa está estudando, junto com especialistas, a possibilidade de tratar a água com ozônio ou membranas, para dar melhor qualidade aos consumidores.

A resposta para a escolha do tratamento deve ser dada em duas semanas, segundo revelou Menezes.