Romero abre nesta sexta-feira a 6ª Conferência Municipal da Cidade

Compartilhe essa notícia

Será aberta, oficialmente, às 19h desta sexta-feira, 17, no auditório do Centro de Tecnologia Educacional Professor Severino Loureiro (CTE), a 6ª Conferência Municipal da Cidade de Campina Grande.

O evento, que se estende até o sábado, 18, terá como tema “A Função Social da Cidade e da Propriedade: Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas”.

O objetivo principal da conferência é discutir a política urbana, para construir uma cidade mais democrática e inclusiva, aproximando as ações dos governos à realidade da população.

 

A cerimônia de abertura contará com a participação do prefeito Romero Rodrigues e terá como palestrantes: Cláudio Porto, presidente da empresa Macroplan, que vem realizando estudos para o Plano Estratégico de Desenvolvimento de Campina Grande; Lívia Miranda, professora da Universidade Federal de Campina Grande, ambos discutindo o tema “O Planejamento Urbano como apoio à função social”; e André Agra Gomes de Lira, secretário de Planejamento do Município, falando sobre “O Caso do Complexo Aluízio Campos”.

No sábado, a programação começa às 8h, com a apresentação do Regimento Interno da Conferência. Depois, serão discutidas as temáticas: “O Plano Diretor de Campina Grande”, com a participação da arquiteta Morgana Targino; “A cidade que queremos: com saneamento ambiental, segurança hídrica e moradia para todas as pessoas”, tema que será abordado pela professora Patrícia Feitosa, da UFCG, e o secretário André Agra; e “A função social da cidade e da propriedade”, que será apresentado pela professora Hilmária Xavier, da Universidade Estadual da Paraíba.

No período da tarde, serão apresentadas as propostas dos grupos de trabalho para eleição das três que serão levadas para discussão na Conferência Estadual, a ser realizada nos dias 15, 16 e 17 de março de 2017, em local ainda a ser definido.

A 6ª Conferência Municipal da Cidade de Campina Grande será aberta ao público e contará com as seguintes categorias de participantes: I – delegados (as) por seus respectivos segmentos, respeitando os percentuais definidos pelo Regimento da 6ª Conferência Nacional das Cidades; II – observadores; III- convidados, e; IV- expositores e palestrantes.

É importante lembrar que, mesmo a Conferência sendo aberta à sociedade, apenas as delegadas e delegados terão direito a voz e voto, gerando como resultado do evento um relatório final, a partir da sistematização das propostas aprovadas, que será enviado à Comissão Organizadora Estadual competente.

Durante a etapa municipal ,serão eleitos os delegados para a Conferência Estadual.